Feliz Ano Novo: Outra Vez!

Bastante água rolou na semana. Cúpula das Américas no Panamá com aperto de mao histórico entre Obama e Raul Castro, terceirização no Brasil, 100 dias da Dilma, Temer indicado como coordenador político e finalmente as manifestações de hoje. Noticias e mais noticias e’ como um rio passando e quase não vejamos as mudanças. Falta nos a distancia, falta a percepção correta que precisamos afastar do curso das águas para depois voltar e ver o que mudou.

Depois de cem dias, o ano pode realmente começar no Brasil. Afinal a Semana Santa agora passou. Vejo que as manifestações embora significantes não chegaram nem perto dos números de 15 de marco e tendem a minguar daqui para frente (pelo menos ate’ algum fato novo). Creio que as pessoas estão vendo que na realidade o “ir pra rua” e’ importante mas tem que ser um momento especial e de tanto ir pode perder o significado. Vejo meus amigos e minha família no Brasil uns coxinhas e outros esquerdistas/comunistas (kkk) estão hoje mais preocupados com o futebol, o aniversario do parente, o namoro, o culto, a missa ou a cervejinha no botequim que ninguém e’ ferro. Graça a Deus que nem todo mundo tem a avidez de um projeto como o Jose Dirceu, por exemplo.

Tudo isto me da um certo alivio e alento. Estamos conscientes das coisas ruins. Detestamos a corrupção, não gostamos de nossos políticos, queremos autonomia de decisão, ha uma preocupação crescente com uma vida mais humana e harmônica. Observamos cada vez mais a tendência de ver momentos de brincadeira e compaixão mesmo no meio de assaltos e assassinatos (muitas vezes por parte das forcas policiais encarregadas de nossa proteção). A percepção de muitos e’ que o mundo esta acabando. Na realidade, o mundo como um todo, esta fazendo um progresso muito grande, pelo menos nas questões econômicas básicas.

Existe um Brasil das confusões. Dilma esta fraca, os professores estão em greve, falta luz, falta água, falta segurança, aparece cada caso novo e escabroso de corrupção, ha as invasões das favelas e as mortes diárias nas ruas com crime comum e os crimes e desleixo no transito, somando os dois talvez quase 100 mil morrem por ano de forma estúpida. Este e’ o Brasil que a gente ver nos jornais e noticiários.

Por outro lado, ha um Brasil que se constrói devagar aos trancos e barrancos contra tudo, e apesar da burocracia do governo e do desleixo dos políticos. O fato e’ que cada um tem que achar um meio de por comida na mesa e um telhado sobre a cabeça. Neste Brasil de pessoas que levantam as 5 para chegar na escola ou que anda uma hora ou mais de ônibus para o trabalho, não ha’ nem tempo e num interesse direto em que o líder disto ou presidente daquilo esta fazendo. O objetivo e’ mais imediato.

Ha’ ate’ progresso na parte do governo. Talvez o Temer consiga amortizar e suavizar a relação de Dilma com o Congresso. Obama deu um “selinho” na Dilma. O novo Ministro de Educação representa um avanço e o Levy continua, aos poucos, o aperto necessário para tentar corrigir os erros e exageros do passado. A safra será boa, os investimentos estão entrando e ate a Petrobras esta conseguindo expandir a produção.

Talvez as boas não sejam suficientes. Ha pessoas, e não são poucas, que acham que o Brasil não tem jeito. Dizem que nenhuma reforma será suficiente e que o problema vem do nascedouro. Para elas o simplismo do apelo para a volta dos militares e’ atraente. Para outras, a opção e’ talvez migrar para outro pais.

Entretanto para a grande maioria, diria para 98 por cento da população a questão e’ sofrer um pouco, gozar um pouco e ter paciência e esperança que as coisas voltam a melhorar. Afinal começa um ano novo, vem chuva, vem as festas juninas, as ferias de julho, o Brasileirão, o fim do ano com sua fraternidade e depois o Carnaval. E’ um ciclo e e’ um rio. Gradativamente e com paciência as coisas estão mudando e precisamos de perspectiva para perceber isto.

Advertisements

2 comments on “Feliz Ano Novo: Outra Vez!

  1. Steve,
    Happy New Year, change is in the air!

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s