Blog Feedback/Comentarios

I get some feedback and comments and I think these are representative and good.

The first is from a US expat friend who has lived in Brazil since the early 70’s.  Here is what he says:

Well, yes, what should the role of government be, other than that of a corrupt enemy before one gets a cushy government job and a necessary evil after getting one?

Anyway, no one likes true change except college students, especially the ones from rich families, and the disenfranchised.

Also, is the Petrobras scandal really so shocking? Kickbacks go with the territory, right? It’s the cost of doing business.

The big PT supporters I’ve seen either drive expensive cars and work for  Petrobras or similar, or they get bolsa família or similar. A few years ago, FAB bought a few fighter planes from France. Their cost was equivalent to the total bolsa família for 18 months.

This reminds me of gringoes who hate their neighbor who gets gov. aid yet doesn’t have a clue about farm subsidies.

Two weeks ago I saw an encouraging sign that not everyone is waiting for the government to solve everything: two middle-aged women and a man were picking up all the trash in the park across from us and planting flowers. Very symbolic. There are also many volunteers for social projects/causes in the city.

Brazil is pretty screwed up, but at least it’s not very involved in interventionalism or religious terrorism.

The second comment is from Nicolas Crabbe, originally from Belgium but with over 25 years in Brazil.

Já passei da fase em que tinha uma posição ideológica quanto à propriedade dos meios de produção, sejam eles públicos ou privados. É possível dar inúmeros exemplos, só na realidade brasileira, para defender um modelo ou o outro.

Para ilustrar, apesar de o setor de telecomunicações ter atingido um nível de eficiência muito maior do que na época da Telebras, onde uma linha telefônica chegava a custar mais de US$3.000 em alguns bairros e existia uma demanda reprimida monstruosa, hoje os serviços continuam de péssima qualidade e muito caros quando comparados com outros países. Em outras palavras, se a privatização resolveu o problema do acesso, a qualidade dos serviços ainda deixa, e muito, a desejar.

Outro exemplo, a política da Sabesp nesses últimos 10 anos de privilegiar o pagamento de dividendos aos acionistas (entre os quais o Estado de São Paulo) em detrimento dos investimentos necessários para ampliar a oferta de água na Região Metropolitana da São Paulo, tem resultado na crise que estamos sofrendo há mais de um ano.

Um terceiro caso, de setor que nunca foi público mas mesmo assim explora alegremente seus clientes: a indústria automobilística, com carros de pior qualidade e muito mais caros do que em qualquer outro país do mundo (e não me venham com o argumento de que a culpa é a carga tributária: as subsidiárias brasileiras das montadoras sustentaram durante muitos anos com seus lucros o resultado mundial de vários grandes grupos – GM, Ford e VW entre eles).

Com esses exemplos não quero fazer a apologia da empresa pública nem decretar que o controle estatal é melhor que o controle privado. Só quero frisar que o fato de o capital da empresa ser privado não garante necessariamente que ela será mais eficiente nem que o consumidor será melhor atendido.

Nos casos da educação, saúde e outros bens e serviços de primeira necessidade (água, eletricidade, comunicações,…), muito mais do que a discussão sobre público ou privado, o foco deve ser nos órgãos reguladores, em metas muito bem definidas e na fiscalização efetiva. Hoje por exemplo os órgãos reguladores, Anatel, Aneel, ANA, ANS, etc., são inofensivas, quando não diretamente cooptadas pelas próprias empresas que deveriam fiscalizar.

Quanto à segurança, vejo isso como uma prerrogativa do Estado e assim deve permanecer.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s