Licões de Capitão

Screen Shot 2018-09-16 at 16.34.01

 

O líder das pesquisas sem Lula ficou famoso e há muitos anos vem dando lições e parece que a plateia está gostando.  As aulas são simples e aqui vão 7 resumos:

  • O homem tem que ser macho e se proteger e preservar a família contra o mal
  • Há males na sociedade como bandidos, homossexuais, feministas e comunistas
  • Para se defender a sociedade, é sobretudo os homens/machos que devem se armar e não ter medo de se defender ou mesmo atacar quando o risco está presente
  • A ditadura ou melhor os governos militares foram bem-sucedidos e contribuíram muito para o desenvolvimento do Brasil
  • O uso da violência e ate da tortura e aceitável no combate ao mal
  • Como pregam muitos evangélicos, as mulheres devem submeter-se ao homem que é a cabeça do lar.
  • Só com autoridade, respaldado pela Forcas Armadas é que se pode combater o mal

A representação que o candidato da direita apresenta é de um homem de bem, um homem forte, um homem decidido, patriota e cristão que supostamente tem um passado sem maculas e que não faz parte da política corrupta tradicional.

O problema que vejo não é o “candidato capitão” em si.  O problema maior, que as pessoas, em sua maioria, não quer admitir, é que as lições do Capitão refletem muito bem a essência da sociedade brasileira no momento.  O ambiente é de medo, de pavor, da busca do bem e da busca de soluções imediatas.  O momento também é descrença, de ceticismo e de desespero.  Essa conjunção abre um amplo caminho apos mais de 30 anos de redemocratização, 16 anos de PT e 8 anos de democracia social do PSDB. Desses anos todos a interpretação fácil e aparente é que a democracia só resultou em corrupção e benefícios para uma elite política desacreditada e descomprometida com a realidade do dia a dia da população.  Pelo menos desde a eleição do Fernando Henrique Cardoso e depois do Lula e da Dilma a percepção é que nem centro esquerda e nem esquerda foram capazes de resolver as questões básicas de emprego, educação, saneamento básico e saúde.  Só se escuta que o pais foi saqueado, que nada funciona como deve e que não ha solução fora de um figurão forte.

Assim, o problema então não é o capitão em si.  O problema maior reside na sociedade que não tem mais paciência com o processo democrático e suas falhas e prefere aceitar os valores autoritários como alternativa dos valores liberais.

Diz a direita, que o PT e os partidos de esquerda querem implantar um regime comunista sem direitos individuais e com o controle do estado sob os meios de produção.  Diz a direita que a esquerda quer promover a ideologia de gênero, o homossexualismo, a liberação do aborto e a destruição do lar com mulheres que não respeitam os maridos e que valorizam seus próprios interesses acima dos interesses da família liderado pelo patriarca.  Diz a direita que os esquerdistas querem pedofilia e não a pedagogia tradicional.  Assim fala a direita e encontra grande ressonância com suas afirmações fantasiosas e mentirosas mas ainda engolidas.

Antes de esfaquear e talvez matar, outra vez, o capitão de forma figurativa, seria bom olhar o nível de crença e evolução da sociedade.  A eleição de uma chapa de oficiais reformados, ou seja, de uma dupla autoritária dará legitimidade e carta branca.   Aqueles que estariam no poder dificilmente vão aceitar as normas de convivência da sociedade liberal.  Eles estão mais aptos para apenas atacar aquilo que definem como o mal.  Quem não aceitar as novas regras terá que calar e consentir ou sair.  Em todo lugar, onde existem governos militares e/ou autoritários mesmo eleitos, a solução passa pelo ataque aos inimigos.  Infelizmente, a memória é curta.  As pessoas não lembram dos desaparecimentos, das perseguições, da censura, do medo e do controle arbitrário imposto pelos militares e seus fieis servidores civis.  Portanto a solução oferecida apenas engana sem resolver.

Às vezes, se progride e depois vem um retrocesso.  Por exemplo, Lula saiu do governo em 2010 com aprovação de 80% do povo.  E agora esta na prisão com uma taxa de rejeição em torno de 40%.  Muitos que adoravam Lula endeusam hoje o “mito”.  O Brasil com o PT entrou no retrocesso, mas a eleição de uma fantasia da direita não tem probabilidade de corrigir os problemas e se “endireitar” algo vai criar novos problemas e ate mais anarquia.

Tinha-se a ideia que o Brasil estava decolando economicamente e tornaria um pais democrático com mercado funcionando em harmonia com empresas estatais.  A partir da Dilma e especialmente seu segundo mandato, ruiu tudo.  Hoje não existe uma crença consolidada da possibilidade de uma politica democrática no Brasil e com isso o pais apela mais uma vez para seu passado autoritário.  E talvez pior, não há vontade entre os candidatos de qualquer lado de definir o modelo econômico que poderia ajudar na busca da democracia.

Muitos fecham os olhos, mesmo sabendo, que as ditaduras são arbitrarias e só funcionam em beneficio daqueles com acesso direto ao poder.  Mas como a ilusão é parte essencial da vida vamos as eleições.

 

Advertisements

One comment on “Licões de Capitão

  1. Aqui estou postando um comentario que recebi por e mail:

    Não concordo que o pais esta desesperado, pois não estamos em guerra e se estiver e contra a corrupção desenfreada, a falta de emprego, especialmente para os jovens, a violência e insegurança publica.

    Voce descreve o que os coxinhas pensam dos petistas, mas não descreve o que os petistas pensam dos coxinhas.

    Precisava elaborar mais sobre o atentado, quem foi, a mando de quem, dar alguma luz sobre o acontecido. Foi alguém de esquerda? Foi um evangélico? Foi um louco? Foi planejado? Por quem? Dai, entenderíamos melhor quem esta por traz desta violência.

    Os progressos democráticos entendi que eram para inglês ver. Nunca foi algo realmente prospero. Sabia que mais cedo ou mais tarde iria dar no que deu. Lula era mais idolatrado no exterior do que no Brasil. Ganhou fama também com as cestas básicas, que eram boas por um lado, mas foram definitivamente compra de votos. Não sei se ele de fato promoveu o pais para um futuro melhor ou se apenas foi governo pra inglês ver.

    Gostaria de saber se há uma saída para esta cinta apertada em que o brasil se encontra. Mal com Bolsonaro, mal sem ou com Lula,

    Liked by 1 person

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s